Amizade de Domingos Montagner marcou Lucy Alves: ‘Não tinha pressa’ – Tupi News
Siga o EGOBrazil nas Rede Sociais

Televisão & Novela

Amizade de Domingos Montagner marcou Lucy Alves: ‘Não tinha pressa’

Publicado a

em

A estreia de Lucy Alves (37) como atriz na novela Velho Chico, da TV Globo, tem diversos significados e um deles envolve amizade. Isso porque foi através deste trabalho que a artista conheceu o ator Domingos Montagner (1962- 2016). Em 2016, a artista se emocionou ao dar um depoimento à revista CARAS.

Poucos meses após o falecimento de Domingos, a cantora abriu o coração e comentou como eram os dois nos bastidores da novela. Segundo Lucy o colega não tinha pressa para viver.

“Ele era muito querido por todos. E me chamou a atenção desde o início o fato de estar sempre preocupado com o coletivo. É o que levo para a minha vida. Ele não tinha pressa para a vida, as pessoas”, contou ela, que deu vida a Luzia, esposa do personagem vivido pelo ator.

Lucy relembrou a generosidade de Domingos, que, mesmo sendo o protagonista da novela de Benedito Ruy Barbosa, se importava em ajudá-la em seu primeiro trabalho na televisão. “Ele tinha tempo para passar o texto comigo, escutar o outro que chegava. E era o protagonista”, disse.

A atriz completou afirmando que enxergava Domingos Montagner como uma pessoa especial. “Esse olhar para a vida, a sua família, seus espetáculos… Ele estava em outro tempo e, ainda assim, conseguia fazer tudo”, declarou.

Domingos morreu durante uma viagem para gravar as últimas cenas de seu personagem em Velho Chico. Ele nadava às margens do rio São Francisco, quando acabou sendo surpreendido com a forte correnteza das águas. Ele estava acompanhado de Camila Pitanga, sua colega de emissora.

Ainda durante a entrevista, Lucy comentou sobre como estava apreensiva com sua estreia na TV, mas que conseguiu superar as barreiras impostas durante a experiência. “Tive muito medo. Não sabia se conseguiria construir essa personagem com a minha bagagem pessoal. Expliquei que não tinha experiência com teatro, que nunca tinha atuado nem lido texto algum. Nem no colégio”, disse.

“Foi desafiador e passei a me cobrar muito. Eu duvidei de mim. Até eu entender como tudo funcionava, foi um dia de cada vez mesmo. Cresci muito profissionalmente e pessoalmente. Aprendi e troquei com esses artistas. Mergulhei de cabeça e descobri essa porção atriz que tinha e nem sabia, mas que já exercitava com a música. Nunca esquecerei desta experiência”, completou.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Tiago Ghidotti

Continue Lendo

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados - Parceiro de Conteúdo do EGOBrazil